A PRODUÇÃO DO CORPO SACERDOTAL NO BISPADO DO MARANHÃO (XIX): Formação seminarística e introdução de novos modelos disciplinares

Wheriston Silva Neris

Resumo


O  objetivo  deste  artigo  é  refletir  sobre  a  introdução  de novas regras  institucionais  de  controle,ajustamento e reprodução do corpo sacerdotal no Bispado do Maranhão da segunda metade do século XIX, tendocomo  foco  a  estruturação  dos  seminários diocesanos  de  Nossa  Senhora  das  Mercês  e  de  Santo Antônio.Metodologicamente  a  pesquisa  ampara-se  na  análise de  fontes  de  caráter  diverso:  histórias  eclesiásticasregionais, pesquisas  científicas  recentes,  jornais  e  os  fundos documentais  do  Acervo  Documental  daArquidiocese do Maranhão disponíveis no Arquivo Público do Estado do Maranhão (APEM/MA). A análisepermite demonstrar então de que maneira os representantes institucionais tentaram constituir uma nova basesocial e cultural para a instituição, contraposta às referências constantes, especialmente no Segundo Reinado, àprecária formação eclesiástica e moral do clero.

Palavras-chave


Seminários;Reprodução;Corpo Sacerdotal;Bispado do Maranhão;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18817/ot.v8i12.50

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


VISITANTES DA REVISTA OUTROS TEMPOS NO MUNDO

 

  

 

Catálogos, Portais, Bases Bibliográficas, Índices e Sistemas de Indexação

 

 


    


 

 

¿Dónde lo publico? 




Financiamento